Rádio Líder FM Online de Acopiara

terça-feira, 25 de março de 2014

Travesti é executada com tiro na nuca dentro de casa em Iguatu


Caiu morto sobre a cama de seu quarto o jovem Marciano Ricardo da Silva, de 22 anos, residente na Rua do Arame, bairro João Paulo II, na cidade de Iguatu. O crime aconteceu na tarde desta segunda-feira (24) e ainda está envolto de mistério.

Segundo informações de familiares, “Marciana” como era conhecida e gostava de ser chamada, não possuía passagens pela polícia, no entanto, há alguns dias vinha sendo “jurada de morte”. A travesti foi morta com um único tiro na nunca, o que indica que o executor chegou sorrateiramente por trás.

Policiais interrogaram parentes e vizinhos no intuito de conseguirem pistas que possam elucidar o crime. Até o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso ou identificado.

A execução de Marciana foi o sexto homicídio do ano. O último caso foi registrado há exatamente uma semana no bairro Chapadinha. Antônio Carlos, o Carlinhos foi morto com vários tiros. O motivo do crime pode ter sido a divida no valor de um capacete que a vítima detinha com o acusado, identificado como Mauro Regis Alves da Silva. Ele se apresentou a polícia espontaneamente e responderá pelo crime em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário