Rádio Líder FM Online de Acopiara

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Presos pedem pizza em cadeia no Ceará e pedido termina em motim, tiros e presos baleados

Uma pizza foi o motivo de um motim que, por pouco, não termina em mortes na Cadeia Pública da cidade de Morada Nova, no Vale do Jaguaribe (a 163Km de Fortaleza), na noite desta terça-feira (10). 

O tumulto entre os presos e os agentes penitenciários só acabou quando a Polícia Militar mandou reforço para o local. Dois presidiários foram baleados. 

O fato aconteceu por volta das 20 horas, quando um dos presos daquela unidade carcerária teria ficado irritado ao receber despedaçada uma pizza que ele havia pedido via celular. O agente penitenciário de plantão alegou que teve que examinar a pizza para verificar se ali não havia drogas ou algum objeto ilícito. A confusão estava formada. 

Segundo informações colhidas pela Polícia, os presos começaram a jogar água suja no agente e passaram a balançar as grades, tentando derrubá-las. O conflito se generalizou e ao perceber que seria agredido pelos detentos já soltos nos corredores da Cadeia, o agente sacou de uma pistola e começou a atirar. 

Os presos identificados como André Rabelo da Silva, 22 anos; e Antônio Carlos Alves de Oliveira, 30, ficaram feridos com tiros disparados pelos agentes e tiveram que receber atendimento médico no Hospital Municipal. 

Telefones e pizzas 

Segundo relato de moradores próximos da Cadeia Pública de Morada Nova, a situação naquela unidade é de precariedade e insegurança. Além da superlotação, ocorrem constantes tentativas de fugas e motins. Para completar o quadro caótico, denúncias revelam que os detentos usam deliberadamente celulares nas celas e chegam até a pedir pizza pelo telefone, como aconteceu na noite de ontem. Já os agentes penitenciários são constantemente agredidos verbalmente e, muitas vezes, atingidos por água suja jogadas pelos presos de dentro dos xadrezes.

Preço médio da gasolina se retrai em 10 municípios do Ceará

Entre a primeira semana de junho e a primeira semana de agosto, o preço médio da gasolina no Ceará apresentou redução em 10 dos 16 municípios cearenses pesquisados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). 

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), os três municípios pesquisados (Caucaia, Fortaleza e Maracanaú) apresentaram queda no período. Na Capital, o preço médio do litro da gasolina caiu de R$ 3,968, na primeira semana de julho, para R$ 3,938, na primeira semana de agosto, segundo o levantamento de preços realizado pela ANP. Ao todo, 71 postos de Fortaleza foram pesquisados. O menor valor encontrado foi R$ 3,91, e o maior, R$ 3,99. 

O levantamento também inclui os municípios de Beberibe, Crateús, Icó, Iguatu, Ipu, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Quixadá e Sobral. Ao todo, foram pesquisados 202 postos nos 16 cidades.

TF libera candidatos com "ficha suja" no Tribunal de Contas

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) concluíram, ontem, o julgamento do Recurso Extraordinário oriundo do Ceará, impetrado pelo ex-prefeito do Município de Horizonte, José Rocha Neto (Rochinha) na Região Metropolitana de Fortaleza, contra decisão terminativa da Justiça Eleitoral. 

Ele foi considerado inelegível na disputa eleitoral de 2014 quando tentava conquistar uma vaga de deputado estadual pelo PP, na coligação do governador Camilo Santana (PT). A alegação da inelegibilidade é porque ele teria sido alcançado pela Lei da Ficha Limpa por ter contas de gestão, enquanto prefeito daquele Município, rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios. 

O STF decidiu, ontem, que candidatos a prefeito que tiveram contas rejeitadas somente por Tribunais de Contas estaduais podem concorrer às eleições de outubro. A decisão foi tomada quando o Plenário da Corte encerrou, na sessão plenária de ontem, o julgamento conjunto dos Recursos Extraordinários (REs) 848826 e 729744. 

Isso pode fragilizar a Lei da Ficha Limpa. Ontem, a Corte determinou que os Tribunais de Contas não terão mais competência para julgar as contas de gestão dos prefeitos. De agora em diante, apenas o Legislativo terá esse poder. Entidades de controle externo são contra o resultado do julgamento, que criaria mecanismos para que gestores escapem à inelegibilidade em caso de reprovação de suas contas. 

Antes, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) tinha autoridade para aprovar ou rejeitar as contas do prefeito, o que tornaria o gestor inelegível perante a Justiça Eleitoral, segundo determina a Lei da Ficha Limpa. No entanto, agora, somente os vereadores poderão apreciar as despesas.

Grupo armado ataca cadeia pública de Redenção, resgata presos e deixa um morto

Um grupo armado atacou, na noite desta quarta-feira (10), a Cadeia Pública da cidade de Redenção (a 52Km de Fortaleza), resgatou, pelo menos, oito presos e baleou outros quatro. Um deles acabou morrendo quando recebia atendimento no hospital local. 

O caso aconteceu por volta das 22 horas e um cerco policial ainda está sendo realizado naquela região serrada no Maciço de Baturité. Segundo informações da Polícia, o grupo invadiu a cidade e se dirigiu imediatamente à Cadeia Pública. Parte dos criminosos ocupava um veículo modelo Etios, branco, de placas OSV-9896 (CE). Outros bandidos estavam em motocicletas. 

O grupo já chegou atirando para intimidar os agentes penitenciários, que, desarmados, foram obrigados a se esconder. Em seguida, os invasores foram até a carceragem e resgataram oito bandidos, entre eles, alguns envolvidos em assaltos na região. 

A Polícia não sabe, ainda, se a intenção do bando era matar alguns dos detentos ou se se os quatro feridos foram atingidos por balas perdidas em meio ao tiroteio no local. Policiais militares de cidades vizinhas foram chamados para dar apoio no cerco aos criminosos. 

O carro Etios usado pelos atiradores foi abandonado alguns quilômetros depois da cidade e há informações de que parte do bando teria se embrenhado na mata. Os quatro detentos baleados foram transferidos para Fortaleza em ambulâncias do Samu sob escolta da Polícia Militar.