Rádio Líder FM Online de Acopiara

domingo, 6 de novembro de 2016

Camilo Santana culpa governo Federal por colapso de água no Estado do Ceará


O governador Camilo Santana responsabilizou neste sábado (5) o governo Federal, caso aconteça um colapso de água no Estado no próximo ano. "A responsabilidade será do Governo Federal, que não tem ouvido o governador e a sociedade", ressaltou Camilo. 

Camilo lamentou a paralisação das obras de transposição do Rio São Francisco, no trecho entre Pernambuco e Ceará (Jati). “Essa obra não era para ter sido paralisada, era para ter sido contratada emergencialmente. É claro que não estamos em situação de calamidade, no momento, mas poderemos estar caso essa obra não seja concluída até maio do ano que vem “, disse Camilo. 

Se não chover nós vamos ter um problema seríssimo porque não temos onde buscar água para atender um sexto ano seguido de seca”, acrescentou o governador.

Orós perde o dobro do volume por mês e poden secar em breve


Desde que passou a mandar água para o Castanhão, para que possa a manter fluxo para Fortaleza, o açude Orós está perdendo por mês o dobro do que reduzia nos meses anteriores. Hoje com 359 milhões de metros cúbicos (18,5% da capacidade), a previsão é de que até o final de dezembro o reservatório esteja próximo do pior volume em 12 anos, quando em 14 de janeiro de 2004 esteve com 306 milhões de metros cúbicos(15,73%). Enquanto isso, o Castanhão, com 381,4 milhões de metros cúbicos (5,69%) está com cota de 73,3 metros, sendo a cota mínima para operação no Eixão das Águas de 71 metros. Ou seja, limite para abastecimento em Fortaleza e Região Metropolitana está nos 2,3 metros acima de água passando pelo canal. 

A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) reafirma a preocupação com os índices. Se não houver recarga logo no início de 2017, caminha-se para a certeza do colapso. 

Tem pelo menos três anos, dos cinco anos de seca, que os reservatórios do Ceará estão em situação predominantemente crítica. O Castanhão deixou de ser o gigante e as atenções ao Orós são a última contagem regressiva para o colapso de abastecimento. Antes de mandar água para o Castanhão, o Orós perdia por mês um volume de 20 milhões de metros cúbicos. 

De agosto para setembro, saiu de 445 milhões de metros cúbicos para 423,43 milhões - de setembro para outubro, a perda passa para 383,53, praticamente o dobro da redução que ocorria nos meses anteriores.

Time de São Paulo quer goleiro Bruno para Paulista de 2017

Time da Série A3 de São Paulo, o Independente de Limeira quer o goleiro Bruno, ex-Flamengo, para a disputa do Campeonato Paulista 2017. 

O clube acompanha a possibilidade de Bruno ser libertado, o que pode ocorrer caso a 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais acate o pedido da defesa do ex-atleta, de anulação da certidão de óbito de Eliza Samúdio. - 

Mesmo sem casa, Flamengo bate seu próprio recorde como mandante 

"Estou em contato com o procurador do Bruno. Não conheço a situação penal dele, ainda estamos estabelecendo contato entre as partes. Se ele for sair da prisão, ele nos interessa sim. Agora, precisamos ter um retorno, saber se ele efetivamente vai sair e se dispõe para vir disputar uma Série A3. Se for o caso, ele é o nosso primeiro candidato", disse o Globoesporte.com o investidor do Independente, Anivaldo dos Anjos. 

Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão pelo assassinato e ocultação de cadáver de Elisa, bem como do sequestro e cárcere privado do filho dos dois. Elisa sumiu em 2010 e seu corpo segue desaparecido.

Carretas que transportavam 154 jegues para abate em Minas Gerais, foram presas na Bahia

Três carretas com 154 jegues foram apreendidas, na sexta-feira (4), na BR-235, perto de Casa Nova, região norte da Bahia. 

As carretas saíram da cidade de Remanso e segundo a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), os animais estavam sendo levados para Minas Gerais, onde seriam abatidos e a pele vendida para a indústria farmacêutica da China. 

A Adab disse ainda que os jegues estavam sendo roubados de fazendas da região e vendidos a atravessadores por cerca de R$ 10 a R$ 20 cada animal. 

Os três motoristas das carretas foram multados em mais de R$ 8 mil. Os animais vão ser soltos em uma fazenda em Remanso.

Policiais Civis do Ceará protestam no aeroporto de Fortaleza

Em greve há oito dias, os policiais civis do Estado do Ceará, realizaram uma manifestação nesse sábado (5) no aeroporto de Fortaleza para alertar a população sobre a crise da segurança no estado. De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol), Francisco Lucas, o objetivo da manifestação no terminal é alertar aos turistas sobre o risco de assalto na capital cearense. 

Na última sexta-feira (4), o delegado-geral da Polícia Civil no Ceará, Andrade Júnior, ameaçou cortar o ponto dos policiais. Para ele, a greve dos policiais é "ilegal". Segundo Andrade Júnior não há negociação com quem estiver na ilegalidade. “A grande maioria dos policiais não aderiram esse movimento ilegal. Trata-se de um movimento irresponsável por parte da diretoria do Sinpol, e todas as medidas cabíveis judiciais estão sendo tomadas tanto na partida administrativa como criminal”, afirmou. 

Já o sindicato dos policiais afirma que negocia com o Ministério Público e com representantes do Governo do Estado para que não haja o corte de ponto dos servidores. 

Em outubro, o Supremo Tribunal de Federal (STF) considerou legítima a possibilidade de órgãos públicos cortarem o salário de servidores em greve desde o início da paralisação. Não poderá haver o corte nos casos em que a greve for provocada por conduta ilegal do órgão público, como, por exemplo, o atraso no pagamento dos salários.

Acopiarenses sofrem acidente de carro na estrada que liga Acopiara - Irapuan Pinheiro


O plantão de polícia registrou na noite de ontem (5) um acidente de trânsito (capotamento) no município de Deputado Irapuan Pinheiro (CE), envolvendo pelo menos três garotas de Acopiara, identificadas como Angélica Teixeira, Cristiane Higino e Fabrícia Pinheiro. 

A guiadora do veículo Fiat Wey, preto, perdeu o controle do mesmo e o capotou numa curva. Segundo informações da PRE, as três ocupantes do carro estavam com cinto de segurança e sofreram apenas escoriações leves.