Rádio Líder FM Online de Acopiara

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Homem é detido com 785 frascos de perfume falsificado em Iguatu

Foram apreendidos 785 frascos de perfume falsificado nesta quinta-feira (24), em uma feira que está acontecendo em um clube no centro de Iguatu. Policiais Civis encontraram os produtos com rótulos de marcas famosas que estavam sendo negociados. 

Segundo informações do Delegado Regional, Wesley Alves, uma denúncia levou os policiais até o local, “ a mercadoria estava sendo negociada neste feira e ao chegar no local questionamos o responsável pelas notas fiscais dos produtos e nada foi apresentado, apreendemos os 785 frascos de perfumes que são falsificados e conduzimos o dono para a Delegacia”, disse o representante da Polícia Civil. 

O acusado pagou uma fiança e foi liberado, ele não é brasileiro é o que destacou o delegado, “ pertence ao país de Bangladesh, não possui problemas com a justiça, está legal em nosso país, mas definimos uma fiança que foi paga e vai responder em liberdade pela atitude”, observou Wesley Alves. 

Todo material será enviado para o IML onde uma perícia será feita e irão tentar descobrir qual produto é utilizado na produção dos perfumes, avisou o delegado.

PSOL vai pedir impeachment de Michel Temer

O PSOL, por meio de nota emitida pela liderança do partido na Câmara, anunciou que irá protocolar pedido de impeachment contra Michel Temer na próxima segunda-feira (28). 

O PSOL vai utilizar as acusações feitas pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero, que denunciou as pressões feitas pelo agora também ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima para aprovar uma obra irregular de seu interesse em Salvador (BA). 

"Agora sim estamos diante de um crime de responsabilidade sem margem para dúvidas", destacou o líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente. 

Nesta quinta-feira (25), parlamentares do PT também defenderam que seja aberto um processo de impeachment contra Michel Temer.

Vereador denuncia salários de servidor que chega a 22 mil reais em Juazeiro do Norte

O vereador Alberto Costa (PT) denunciou na tarde dessa quinta-feira (24), no momento de requerimentos verbais, da sessão ordinária na Câmara de Juazeiro do Norte o pagamento de altos salários para servidores concursados na Casa Legislativa. 

Alberto ainda afirmou que enquanto existem servidores recebendo entre 17 e 22 mil reais, os seus assessores estão sem receber os vencimentos. O petista não quis citar nomes dos servidores com altos salários. 

O questionamento de Alberto foi para a presidência da Câmara que é do parlamentar Danty Benedito (PMN). Danty não esteve presente na sessão, mas respondeu os questionamentos via imprensa. 

Em entrevista ao repórter Murilo Siqueira (Jornal da Manhã da Rádio Padre Cícero), Danty afirmou que os altos salários são pagos após decisão judicial. "Essa decisão não é minha, mas da Justiça que obriga me obriga a cumprir. já recorremos dessa decisão", ponderou. 

Sobre os salários dos assessores, Danty disse que estão em dia. Segundo ele o pagamento pode acontecer até o quinto dia útil do mês subsequente.

Ministro Geddel Vieira, pede demissão da Secretaria de Governo

Acusado de ter pressionado o ex-titular da Cultura para liberar uma obra em Salvador, o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, enviou na manhã desta sexta-feira (25), por e-mail, uma carta de demissão ao presidente Michel Temer. Segundo a assessoria do Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer aceitou o pedido de Geddel, que era responsável pela articulação política do governo federal com o Congresso Nacional. 

Geddel é o sexto ministro a deixar o governo desde que Michel Temer assumiu o comando do país em maio. Antes dele, caíram Romero Jucá (Planejamento), Fabiano Silveira (Transparência), Fábio Medina Osório (AGU), Henrique Eduardo Alves (Turismo) e Marcelo Calero (Cultura). 

Na carta de demissão, na qual se referiu ao presidente da República como "fraterno amigo", Geddel escreveu que "avolumaram-se as críticas" sobre ele e, em Salvador, vê o"sofrimento" de sua família, que é o "limite da dor que suporta". Ele, então, diz ao presidente que "é hora de sair". 

Na mensagem, ele também pediu desculpas a Temer pela dimensão das "interpretações dadas", referindo-se à acusação do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de que Geddel o pressionou para desembargar a construção de um condomínio de luxo em um bairro nobre de Salvador. 

Em meio ao texto, o agora ex-ministro da Secretaria de Governo ainda diz que retorna à Bahia, mas seguirá como "ardoroso torcedor" do governo. 

Ele também aproveitou a carta para fazer um afago na base aliada, agradecendo o apoio e a colaboração na aprovação de "importantes medidas" para o país. 

A queda de Geddel 

Até então um dos homens forte de Temer no Planalto, Geddel começou a balançar no cargo de ministro da Secretaria de Governo na semana passada, quando Calero concedeu uma entrevista ao jornal "Folha de S.Paulo" denunciando a pressão do ex-colega da Esplanada dos Ministérios. 

A turbulência política provocada pela denúncia chegou ao gabinete presidencial nesta quinta (24), quando veio à tona o teor do depoimento prestado nesta semana por Calero à Polícia Federal (PF). O ex-ministro disse aos policiais que, durante uma audiência no Palácio do Planalto, Temer interveio em favor dos interesses do então ministro da Secretaria de Governo. 

Calero, que pediu demissão na última sexta (18), gravou a conversa que teve na semana passada com Temer no Planalto, informou o Bom Dia Brasil. Procurado pela TV Globo, Calero disse que não pode falar desse assunto. Segundo o G1 apurou, ele entregou cópia da gravação à PF, que encaminhou o material para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Falta coragem ao vereador Vicente júnior

Enfrentar os sabatinadores do mais polêmico programa do rádio interiorano não é fácil, visto que a equipe não tem medo de extrair as mais ousadas e amedrontadas perguntas aos entrevistados, conscientes disso, muitos políticos convidados fogem, pois sabem que lá não existe combinação de perguntas e tão pouco espaço para ludibriar o público que coloca o programa Acopiara Urgente, na Rádio Vale do Quincoê como líder absoluto no horário das 12h. até às 13 horas de cada sábado. 

O vereador Vicente Júnior, foi convidado pelo vereador e um dos apresentadores do programa, Lindomar Rodrigues, para falar de suas denúncias de desmonte na Prefeitura Municipal de Acopiara, mais como sempre, correu com a cela e mostrou que são infundadas qualquer tipo de denúncia que parta dele.

A equipe do programa Acopiara Urgente, como sempre mostra sua imparcialidade e lamenta a atitude covarde de alguns políticos de Acopiara, na tentativa de enganar o povo.

Mais uma vez fica o convite ao vereador Vicente Júnior, para uma entrevista ao Programa Acopiara Urgente do próximo sábado, na rádio Vale do Quincoê.

Infelizmente parece que o vereador só tem coragem de ser entrevistado por apresentadores CALÇA CURTA.

Todas as testemunhas da Lava Jato inocentam Lula

Das oito testemunhas ouvidas até agora, todas disseram que jamais conversaram com Luiz Inácio Lula da Silva sobre qualquer atividade fraudulenta em contratos da Petrobras. Também disseram não ter qualquer conhecimento ou prova de que o apartamento do Guarujá guarda alguma relação com Lula ou com as atividades desenvolvidas pela empreiteira na estatal petrolífera.

Embora os procuradores da Operação Lava Jato afirmem ter convicção de que Lula obteve vantagens ilícitas de uma empreiteira por ter facilitado fraudes em contratos da Petrobras, nenhuma das testemunhas convocadas pelos próprios procuradores confirma essa tese.

As testemunhas:

1 - Delcídio do Amaral - ex-senador
2 - Augusto Mendonça Neto - empresário
3 - Dalton Avancini - executivo
4 - Eduardo Leite - executivo
5 - Pedro Correa - político
6 - Pedro Barusco - executivo
7 - Paulo Roberto Costa - executivo
8 - Nestor Cerveró - executivo

Caminhão com botijões de gás tomba e explode na BR-116

Um caminhão que transportava botijões de gás tombou e explodiu no km 56 da BR-116, em Pacajus, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na noite desta quinta-feira, 24. O condutor do veículo foi socorrido com ferimentos leves por outros motoristas que trafegavam na via. O acidente provocou várias explosões e queda de energia nas regiões próximas. 

Segundo o motorista do caminhão, identificado como Luiz, havia uma fileira de veículos, quando ele descia uma ladeira na rodovia federal. O carro da frente freou bruscamente, e ele, para evitar o engavetamento, puxou o caminhão para o acostamento, vindo a tombar. 

Outros motoristas, que presenciaram o acidente, correram para socorrer o condutor do caminhão tombado. Luiz relatou que logo após ser socorrido e retirado do veículo, as explosões começaram. 

Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Enel Distribuição Ceará trabalham no local do acidente.

Bandidos explodem agência do Banco do Brasil de Jaguaribara e incendeiam carros na estrada

Uma quadrilha fortemente armada atacou, na madrugada desta sexta-feira (25), a agência do Banco do Brasil da cidade de Jaguaribara (a 283Km de Fortaleza), usou explosivos para destruir os caixas eletrônicos e o cofre e, ainda, disparou tiros contra a sede do destacamento da PM. 

O ataque foi marcado pela violência. O grupo chegou a Jaguaribara em dois automóveis e várias motocicletas e se dividiu na hora da ação criminosa. Parte da quadrilha se encarregou de cercar a sede do Destacamento da PM e a outra seguiu para a agência bancária situada próxima dali, no Centro. 

Moradores disseram ter ouvido, além de muitos tiros, ao menos três explosões. A força da detonação dos artefatos foi tão forte que destruiu completamente a agência. Não se sabe, ainda, se os ladrões conseguiram roubar o dinheiro dos caixas e do cofre. 

Cercados pela quadrilha, que utilizava armas como pistolas e espingardas de calibre 12 (escopetas), os policiais militares não tiveram como enfrentar o bando. A viatura ficou destruída com os disparos. 

Carros incendiados 

Depois do ataque, o bando fugiu em direção ao vizinho Município de Jaguaretama e incendiou dois veículos. Um deles ficou atravessando na ponte sobre o Rio Jaguaribe, impedindo que viaturas da Polícia passassem pelo local. O segundo automóvel foi incendiado na rodovia estadual CE-231, que liga os dois Municípios. 

Patrulhas da 3ª Companhia do 1º BPM (Jaguaribe) e do Comando Tático Rural (Cotar) estão em diligências na região, com o apoio dos Destacamentos das cidades próximas. Mas, até o momento, ninguém foi preso.