Rádio Líder FM Online de Acopiara

sábado, 7 de janeiro de 2017

Depois de uma semana de administração, Acopiara vive um Novo Tempo

Com uma semana de administração, o bigodim, conseguiu algo inédito na história política de Acopiara, ou seja, nenhuma ação realizada. 

O que se pode observar é falta de médicos nos hospitais, PSFs fechados, lixo por toda parte da cidade e um número grande de pessoas voltando para cidade em busca de um emprego que receba sem trabalhar. 

Praça dos Moreiras de Cima

Como se não bastasse, em apenas uma semana é lamentável a situação a qual se encontra as praças que recentemente foram reformadas. 

O trânsito de Acopiara, que era um dos mais organizados do estado, depois de uma semana virou uma bagunça. 

O pior disso tudo, é que o bigodim praticamente morando em Fortaleza, está indiferente a situação da cidade. 

Acopiara, o novo tempo chegou.

Quatro cidades poderão realizar novas eleições

Em quatro municípios do Ceará, os eleitores poderão ter que voltar às urnas para escolher novos prefeitos. Isso porque quatro dos postulantes mais votados para as prefeituras do Estado ainda aguardam decisões sobre os recursos que impetraram na Justiça Eleitoral para afastar a inelegibilidade. Na maioria dos casos, o motivo é a desaprovação de prestações de contas de governo ou de gestão por órgãos colegiados. 

Dentre os argumentos dos postulantes para insistir na candidatura, estão questionamentos relacionados à retroabilidade da Lei da Ficha Limpa ou mesmo referentes a decisões divergentes entre o julgamento da Câmara Municipal e o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) sobre as contas do gestor. A situação, que já se arrasta por meses e não tem previsão para decisão final, vem causando insegurança e traz prejuízos à sociedade, que pode ter à frente da prefeitura um gestor que não elegeu diretamente. 

É o caso, por exemplo, dos municípios de Barro e Saboeiro. Com as candidaturas dos prefeituráveis mais votados (José Marquinélio Tavares e José Gotardo dos Santos Martins, respectivamente) sub judice, coube aos presidentes das câmaras municipais assumir interinamente o Poder Executivo. As decisões em última instância sobre o caso dos gestores é que vão definir a posse dos candidatos ou a realização de novas eleições num prazo de até 60 dias. 

Outras duas cidades cearenses estão em situação semelhante. Sem a definição sobre a elegibilidade dos prefeitos Luiz Menezes de Lima e Tomas Antônio Albuquerque de Paula Pessoa, os respectivos municípios de Tianguá e Santa Quitéria correm risco de precisar realizar eleições suplementares. Os gestores, porém, foram empossados no último dia 1º de janeiro, após conseguir decisão liminar do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes.

Radialista Ivo Bezerra é demitido da Rádio Vale por perseguição política

O radialista e vereador Ivo Bezerra (PDT) foi demitido hoje (6) da Rádio Vale do Quincoê de Acopiara. 

Ivo Bezerra apresentava nas manhãs de sábado, o programa Raízes do Sertão. Segundo o radialista, sua demissão foi através de um recado.

Sem motivo aparente para a demissão, tudo leva a crê que se trata de perseguição política, recentemente Eduardo Garpar, vereador e dono da emissora, protagonizou a maior traição política de Acopiara e em virtude de Ivo Bezerra, fazer parte da oposição o mesmo foi demitido. 

Na rede social (facebook), Ivo Bezerra postou uma nota sobre o assunto.
Olá amigos de Acopiara e região. Nesta data 06-01-2017 encerra-se uma etapa, um ciclo em minha vida profissional. Ao longo dos últimos 13 anos apresentei na Rádio Vale do Quincoê o programa "raízes do sertão" nas manhãs de sábado. Fui surpreendido não pelo meu afastamento, pois já previa que depois dos últimos acontecimentos políticos isso poderia acontecer.Fiquei surpreso porquê a notícia me chegou através de um recado. Entendo que a direção dá emissora encontrou " coisas" mais lucrativas para suas finanças. Agradeço a Rádio Vale pela oportunidade. Agradeço aos ouvintes pela audiência e pelo carinho para com este humilde apresentador. Como diz o ditado. "Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Quem sabe como será o amanhã? Obrigado a todos. Podem ter calado a minha voz no rádio, mas jamais calarão na casa de cada acopiarense ou em cada comunidade.