Rádio Líder FM Online de Acopiara

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Cadê as pedras bigodim?

Um internauta usou as redes sociais para fazer uma simples pergunta:  Cadê as pedras de paralelepípedo que seriam usadas para calçar as ladeiras da região de Isidoro?

Porque retiraram essas pedras e não levaram esse benefício ao povo daquela região, já que as pedras estavam lá, só esperando uma ação do prefeito Antonio Almeida.

Atenção Ministério Público, vamos averiguar qual destino deram para essas pedras.

É desmantelo demais. Valha-me Deus.

Enquanto o prefeito de Acopiara vira as costas, animais invadem a cidade

A cidade de Acopiara, não parece nem de longe aquela de alguns meses atrás. O que se pode observar nos dias de hoje é um total abandono por parte do gestor que virou as costas e entregou literalmente a cidade as moscas.

Nos quatro cantos da cidade, só se escuta reclamações por parte da população que não aguenta mais tanto descaso.
Os animais tomaram conta das ruas e avenidas e o pior é que sem ter a quem procurar, pois o prefeito estar praticamente morando em Fortaleza, os moradores ficam à mercêr de todo esse descaso.

Motorista da Prefeitura de Acopiara pratica suicídio por enforcamento em Senador Pompeu (CE)

Familiares do motorista Judival Pereira Martins, 47 anos, confirmaram que o mesmo praticou suicídio por enforcamento na noite de ontem (29) no município de Senador Pompeu (CE). 

A família não soube explicar o que motivou o motorista a tirar sua própria vida. Judival era concursado e trabalhou como motorista na Prefeitura de Acopiara sendo cedido através de permuta a Prefeitura de Senador Pompeu. 

Ovelório e o sepultamento de Judival Pereira devem acontecer hoje, em Senador Pompeu.

ACOPIARA: Procura-se um prefeito

A cidade de Acopiara vive um momento de incógnita desde o início da administração. O prefeito Antonio Almeida Neto, mais conhecido como "bigodim", assumiu dia 1° de janeiro, mas praticamente está morando em Fortaleza. 

O que se comenta em Acopiara, é que o município está sendo administrado pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Cicinho de Otaviano. 

A assessoria de imprensa da Prefeitura não confirma a informação, porém o novo prefeito não tem sido mais visto na cidade há dias. 

Passados quase trinta dias da nova gestão, o que se pode observar é o total descaso na cidade,PSFs fechados, animais soltos nas ruas, lixo por toda parte, hospitais praticamente sem atendimento e o "BIGODIM" não aparece.


Mãe é presa suspeita de matar o filho com tiro

Uma mulher foi detida pela polícia por suspeita de matar com um tiro na cabeça o filho de 11 anos, no Bairro Itaoca, em Fortaleza, na manhã deste domingo (29). De acordo com a titular da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), delegada Socorro Portela, a mulher afirmou em depoimento que o tiro foi acidental, versão contestada pela polícia. 

"Ela estava com sinais de quem havia bebido e consumido drogas e outras substâncias, então vamos aprofundar as investigações para apurar o que de fato ocorreu", diz a delegada. 

Iarly Dourado, de 11 anos, chegou a ser socorrida para o Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira, o Frotinha da Parangaba, mas não resistiu. A mulher foi detida ainda no hospital. 

Ainda de acordo com a delegada Socorro Portela, a mãe da vítima afirmou que comprou a arma na feira da Parangaba há dois meses, por R$ 1,2 mil, "para se defender de uma rival". A mãe deve ser transferida nesta segunda-feira (30) para o presídio feminino Auri Moura Costa.

Chuvas no Ceará em janeiro estão 28% abaixo do esperado, diz Funceme

As chuvas registradas em janeiro deste ano no Ceará estão 28% abaixo da média histórica para o período, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Segundo o órgão, o esperado para o este início de ano é de 98,7 milímetros de chuva acumulados em todo o estado; o observado em 2017 é de 70 milímetros, 28,4% a menos que a média histórica. 

As chuvas mais fortes no estado ocorreram no Cariri, única região do estado onde o volume de chuva está acima da média para o período. Em Abaiara, o volume acumulado é de 215 milímetros, 41% acima da média. Também há um acúmulo de chuva acima da média no Crato (11% a mais) e Barbalha (5%). 

Previsão para o trimestre 

A previsão da Funceme para os três primeiros meses do ano é a melhor desde 2012. De acordo com a fundação, A maior probabilidade (40%) é de que o volume de chuva fique próximo à média histórica, que é de 800 milímetros durante o ano. 

Ainda de acordo com o prognóstico, há 30% de chance de as chuvas na estação chuvosa de fevereiro, março e abril de 2017 ficarem abaixo da média e outros 30%, acima da média histórica. "Com certeza é o melhor prognóstico dos últimos anos, o melhor desde 2012. Porém, as chuvas que caem e que podem cair são insuficientes para ajudar as bacias hidrográficas", avalia a chefe do núcleo de meteorologia da Funceme, Meiry Sakamoto. 

Ainda de acordo com a meteorologista, em 2017 não ocorreu o fenômeno El Niño, que reduz as possibilidades de chuva no Nordeste brasileiro; no entanto, e o La Niña, que aumenta as chances de precipitação na região, perdeu força.