Rádio Líder FM Online de Acopiara

quarta-feira, 22 de março de 2017

Governo retira servidores estaduais e municipais de reforma da Previdência Social

O presidente Michel Temer disse ontem que os únicos servidores públicos afetadas pela proposta de reforma da Previdência serão os servidores federais. Ele anunciou, ao lado de líderes no Congresso, que servidores de Estados e municípios ficarão fora da reforma do governo. 

Temer afirmou que tomou a decisão após recentes reuniões e que a medida foi tomada, segundo ele, em respeito ao pacto federativo. O presidente disse que mudanças para os servidores de Estados e municípios dependerão das manifestações dos governos e dos Legislativos locais. 

A decisão foi tomada com o objetivo de enfraquecer o poder de mobilização contra a iniciativa, já que professores públicos e policiais civis são duas categorias numerosas que estão se posicionando publicamente contra o texto da reforma. 

A proposta não agradou governadores e prefeitos. Nas palavras de um dirigente estadual, com a decisão, o ônus da reforma previdenciária que antes era do governo federal agora recai sobre as gestões estaduais e municipais e poderes legislativos locais, o que poderá causar um desgaste às administrações.

Falta de médicos no Hospital Geral de Acopiara deixa população desesperada

Rina Messia Alex Sandro, do distrito de São Paulinho, é  mais uma entre as tantas que sofre com o descaso na saúde de Acopiara. Ela denuncia a falta de assistência médica no Hospital Geral de Acopiara. 

Rina alega que sua mãe Rita Maria Alves Batista perdeu o dia quase todo a espera de atendimento médico naquela unidade e não conseguiu. 

Ela explica que sua genitora não estava conseguindo andar e com muita febre. "Os sintomas pareciam ser de Chikungunya", disse Rina. 

O caos instalado na saúde do município de Acopiara tem causado muitos estragos a população, principalmente pela falta de médico no hospital.

Cidadão de Acopiara vê com tristeza situação do necrotério do Hospital Geral

"Venho aqui manifestar minha indignação e tristeza mediante a situação que encontrei hoje o nosso querido e tao desejado Hospital Geral Suzana Gurgel do Vale, um total desprezo, abandono e descaso com os que necessitam daquele estabelecimento. Encontrei ali um necrotério em total abandono, recinto horrível para ser visitado quando necessário, a sala estava cheia de lixo hospitalar e um cano desmantelado deixando assim o necrotério completamente alagado de modo que não tinha espaço seco e limpo suficiente para colocar um caixão, sem contar que não tinha maca para conduzirmos o corpo de um dos nossos sócios. O que me surpreende mais ainda é o fato do gestor atual empregar tantos funcionários na área da saúde e não ter se quer um deles para auxiliar na entrada abrindo os portões. É lamentável a situação da saúde no nosso município e fico triste porque em apenas 2 meses e meio a situação de Acopiara chega a esse ponto, imagino onde chegaremos no final do mandato dessa gestão". 

Wilson Bezerra
Funerária Perpétuo Socorro

Morre em Lavras da Mangabeira o promotor de justiça e maçom, Rambrandt Matos Esmeraldo

É com profundo pesar que registramos o falecimento do promotor de justiça e maçom, Rambrandt Matos Esmeraldo, fato ocorrido no município de Lavras da Mangabeira (CE) sua cidade natal. 

Segundo informações, Rambrandt estava em casa na noite de ontem (21), quando sofreu um ataque cardíaco e não resistiu. 

Os irmãos da loja maçônica de Acopiara, em nome do venerável mestre José Ferreira Lima (Dóia) se solidarizam com a família neste momento difícil.